Uni-versos

Mensagens

VIVENDO E APRENDENDO**********RA..TIM...BUM*********E O SEU SIGNIFICADO



Vivendo e "aprendendo". Eu pensava já ter ouvido toda a sorte de lendas e contos urbanos, mas sempre há tempo de aprender mais uma. E devo adimitir: a criatividade do povo é grande. Fico pensando o que leva uma pessoa a inventar uma história dessas - como a que vou contar. Acredito que é a necessidade de ser o centro das atenções por algum momento. Afinal, se você sabe algo "obscuro", "desconhecido", será o chamariz dessa intrigante conversa, por mais baboseira que isso seja. E assim nasceram a Loira do Banheiro, o Homem do Saco(*), o Bicho Papão e tantos outros.

Durante uma festa neste final de aniversário de semana, no momento em que o aniversariante se preparava para assoprar as velinhas e cortar o bolo, antes do tradicional parabéns, uma pessoa se pronunciou - em voz alta -, e instruiu os convidados a não cantarem o "Ra-Tim-Bum" do tradicional "Parabéns a Você", pois alegou que essa frase vinha da Grécia Antiga e significaria "Seja Infeliz Para Sempre". Em meio a muitas caras com pontos de interrogação, ninguém contestou - afinal, ninguém quer estragar uma festa - e nada que uma pequena confusão no final da cantoria, já gritando o nome do aniversáriante - resolvesse a situação.
Em tempo: Eu saí deveras bêbado da festa. O que não quer dizer que essa curiosidade tenha saido da minha cabeça. Meus amigos mais próximos sabem da minha incontrolável vontade de comprar uma filmadora e criar o "Mythbusters Brasil" e matar as curiosidades que temos sobre as lendas urbanas nacionais, como beber leite e comer manga ou ainda urinar em uma piscina de hotel e ver se um liquido azul ou vermelho vai rodear você. Minha curiosidade como Mythbuster Brasileiro me fez começar uma cruzada para descobrir sobre "Ra-Tim-Bum", o código do demônio.

Em uma pesquisa inicial a primeira surpresa: a lenda urbanda não é nova, já tem um bom tempo e muitos acreditam nisso. Existem algumas variantes sobre a mensagem, como "Amaldiçoado, Amaldiçoado está" ou coisas do gênero. Tem pessoas que acham até se tratar de um "grito de guerra", ou - a explicação mais estapafúrdia que eu achei, com bases "históricas" que você não encontra como referência em lugar nenhum - diz que era "uma palavra mágica utilizada pelos persas na idade média durante rituais satânicos, e quando dita ao contrario realizava os pedidos de quem pronunciou" (acho que quem disse isso tava zoando, mas ficou legal, mesmo assim).
Voltando à teoria da pessoa que afirmou se tratar de uma sentença grega, apesar de não ser grego, sei que no grego antigo a sílaba "Bum" não existia. Não sei as demais, mas sei que a sonoridade do "Bum" não tinha este sentido. Se você pensou em palavras como "Curriculum", "Alditorium" ou algo assim, isso é latim e não grego. Mesmo assim, nenhum "Bum".
Lembrei até do cara que dizia "Rá" e ressucitava passarinhos. Esqueci o nome dele agora, pena.

Levando em consideração os fatos históricos, "Parabéns a você" é uma adaptação do original inglês "Happy Birthday", que por sua vez deve ter sido uma adaptação de alguma outra lingua - que não vou pesquisar agora, mas já está anotado "descobrir de onde veio o "Parabéns" -, mas o ponto que gostaria de levantar é que a versão original em inglês, que com certeza gerou a nossa - não possui o Ra-Tim-Bum. Estranho, não ? Na verdade não, mas é só pra criar um clima.
Vamos aos finalmente: "Ra-Tim-Bum" é uma onomatopéia. Para quem não sabe, uma onomatopéia é quando representamos com palavras sons de objetos, batidas e afins. Quem via o seriado do Batman Gorducho lembra de quando ele dava porrada nos bandidos e a tela aparecia "BUM", "SOC", "POW". Os leitores de gibi estão mais acostumados com onomatopéias. No caso de "Ra-Tim-Bum" representa o som de um tambor, uma percurssão, pois indica o fim da cantoria e o inicio da gritaria do nome do homenageado. Fantástico, não? Na verdade não, mas é só para tornar um assunto desinteressante em algum supostamente interessante. Agora interessante mesmo é saber porque motivo alguém inventaria uma coisa dessas. Provavelmente é alguém que nunca teve uma festa de aniversário, e a dor disso fez com que a lenda nascesse e ainda hoje povoa a mente de algumas pessoas.




Meu Deus! Que mundo é esse em que vivemos? Onde estão os verdadeiros valores?
Estamos realmente condenados a viver num mundo onde aqueles que deveriam nos proteger, nos colocam em situações de medo? Num mundo onde, aquelas crianças que deveriam estar nas escolas ou brincando, estão se prostituindo ou roubando? Num mundo onde não se pode mais sair de casa sem medo? E o pior, medo daqueles que estão ali para trazer-nos segurança. Tão contraditório, não?
É um absurdo cidadãos honestos, que pagam seus impostos e cumprem com seus deveres, não poderem usufruir de seus direitos. Direitos de cidadão: ir e vir com o mínimo de segurança; poder sair para se divertir nas poucas horas de lazer sem ter medo de receber acusações injustas.
Estamos cada vez mais cegos. Cegos de uma cegueira vergonhosa. Cegos da pior cegueira que existe: aquela que prefere não ver.
Tenho vergonha da justiça deste país. Tenho vergonha da polícia deste país. Tenho vergonha dos nossos governantes. Tenho vergonha de nossa legislação tão arcaica e ultrapassa.
Apenas TENHO VERGONHA!

Um comentário:

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ achat cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis generique
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis comprare
http://preciocialisgenericoespana.net/ venta cialis

Postagens populares

AK TEM