Uni-versos

Mensagens

A CROMOTERAPIA E A SAÚDE

Influências Gerais da Cor

A cor ocupa grande parte de nossas vidas.
A natureza nos proporciona constantemente variados matizes. Um brilhante céu azul pode elevar nosso espírito e um céu escuro e nublado podem fazer-nos sentir deprimidos e desernegizados.
A radiação solar traz alegria a muitos de nós. Cada estação do ano tem diferentes tons. Não preciso falar deles, todos tivemos contato com esses fatos segundo nosso ponto de vista. Quando o céu está claro à noite e a lua é cheia, muita gente se sente influenciada, favorável ou desfavorávelmente por isto.
Tudo tem uma certa frequência de vibração e isto se aplica a todos os órgãos do corpo humano. Se ocorre qualquer desvio da vibração normal tem-se um índice de que o órgão não está funcionando adequadamente.
Todos os órgãos têm uma vibração característica e que pode ser detectada e a tarefa do terapeuta é localizar as vibrações defeituosas do corpo e restaurá-las à saúde normal.
A aplicação da frequência adequada alterará a defeituosa e dará ao órgão o estado de normalidade. Fadiga, tensão, stress, medo e todas emoções negativas são criminosos perturbando as vibrações saudáveis.
A cor é uma vibração pura e quando usada na tonalidade certa e focalizada no lugar certo pode corrigir o problema e reconduzir o corpo à saúde.
As cores podem ser visualizadas com alguma perseverança. Tais cores podem ser empregadas num processo de autoterapia ou recomendadas para pacientes. E, é claro, a cor pode ser aplicada através de uma lâmpada colorida.
Há sete cores principais no espectro: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e violeta.
As cores quentes são: vermelho, laranja e amarelo.
O vermelho é o elemento do fogo e estimula e excita os nervos e o sangue. Promove a liberação de adrenalina e estimula os nervos sensoriais. Ativa a circulação sanguínea, excita os nervos cerebrospinais e o sistema nervoso simpático.
Revitaliza o corpo físico, mas, por ser tão poderosamente estimulante, deve ser usada com cautela.
Superestimação pode ser perigosa. Saúde significa equilíbrio.
O vermelho é contra-indicado em todas as inflamações e em muitos dos casos de perturbações emocionais.
Nunca se deve fazer um tratamento exclusivamente com vermelho é preciso complementá-lo com uma radiação com verde ou azul.
O laranja é uma combinação do vermelho e do amarelo.
Tem efeito antiespasmódico. Bom no tratamento das cãibras musculares e nos espasmos.
O laranja auxilia o metabolismo do cálcio e fortalece os pulmões, pâncreas e baço.
Esta cor acelera a pulsação mas não eleva a pressão sanguínea.
Fornece energia ao baço e pâncreas.
O laranja fortalece o corpo etérico, vivifica as emoções e cria um sentimento geral de bem estar e disposição.
O amarelo ativa os músculos motores e gera energia nos músculos.
Favorece a digestão mas se usada durante muito tempo pode provocar diarréia porque estimula o fluxo de bile.
O amarelo afasta os parasitas.
Melhora a condição da pele e purifica o sangue.
Ativa a linfa.
O amarelo pode deprimir o baço.
Sob o ponto de vista psicológico, afeta a melancolia e o desespero.
É a cor do intelecto e da razão.
O amarelo é contra indicado em casos de inflamação aguda, delírio, diarréia, febre, superexcitação e palpitações.
O verde é a cor média do espectro.
O verde dilata os capilares e produz sensação de calor.
Alivia a tensão, mas usado em excesso torna-se enfadonho.
Estimula a glândula pituitária e é um reconstrutor dos tecidos e músculos.
O verde é um desinfetante; libera e ao mesmo tempo regula o corpo elétrico e recupera o corpo astral que tenha sofrido choque, fadiga, moléstia ou emoções negativas.
Azul, índigo e violeta são cores frias.
O azul acelera o metabolismo. Promove crescimento e supuração.
Cura queimaduras muito rapidamente.
O azul é a cor da intuição e das faculdades mentais elevadas.
O azul é contra indicado para resfriados, gota, hipertensão, contrações musculares, paralisia, reumatismo crônico e taquicardia (batimento cardíaco acelerado).
O índigo é refrigerante, adstringente e elétrico.
Atua sobre as paratiróides, mas deprime as tiróides.
Quando a tiróide está sobrecarregada deve-se tratar as paratiróides com índigo.
Purifica a corrente sanguínea e prepara os leucócitos no baço.
Reduz ou mesmo estanca hemorragias.
Sempre que hemorragia excessiva estiver presente, trate as paratiróides com índigo. Reduz o ritmo respiratório e tonifica os músculos.
Usado demoradamente tem efeito anestésico, além disso afeta a visão, audição e paladar.
Afeta também os níveis emocional e espiritual e auxilia no tratamento de moléstias mentais, como o "delirium tremens"e a insônia.
Podem-se curar obsessões com ele, mas neste caso o terapeuta deve precatar-se para não adquirir tal obsessão.

O violeta deprime os nervos motores e o sistema linfático, bem como o sistema cardíaco.
Purifica o sangue e promove a produção de leucócitos.
O violeta mantém o balanço de potássio no corpo.
Detém o crescimento de tumores.
No tratamento de pacientes operados de câncer, três cores podem auxiliar:
Vermelho para energizar o sistema.
Verde para estabilizar o corpo astral.
Violeta para restaurar o equilíbrio sódio-potássio.
O violeta é uma cor boa e calmante nos casos de violenta insanidade.
Controla a fome excessiva.
É uma cor espiritual.
O poder de meditação é extremamente aprofundado sob luz violeta.
O Conde de Saint-Germain curava principalmente com os raios violeta.
O ultravioleta está fora do espectro visível.
Tal radiação desempenha um papel importante no metabolismo de cálcio-fósforo.
Fixa o ferro e o iodo sendo portanto útil no tratamento de bócio e raquitismo.
Normaliza o metabolismo e a atividade glandular.
Estimula a atuação do sistema nervoso simpático e auxilia a reduzir a dor.
É favorável ao bom funcionamento do coração e dos pulmões.
Há combinações de tons usados no tratamento pelas cores.
O limão é uma mistura de amarelo muito claro com verde muito claro.
limão rejuvenesce o organismo e elimina as toxinas.
É laxante, anticatarral e fortalece os ossos.
É um estimulante cerebral, ativa o timo e cura a imbecilidade.
É antiácido.
O púrpura e o escarlate são combinações de vermelho e azul.
O púrpura é composto por mais azul e menos vermelho.
O escarlate tem mais vermelho e menos azul.
O púrpura tem propriedades analgésicas. Suprime a malária e estimula as veias.
O escarlate estimula os rins e os mecanismos sexuais.
O magenta é uma combinação de vermelho e violeta e energergiza as adrenais e a ação do coração.
É diurético.
Em alguns casos atua como estabilizador emocional.
O turquesa é o oposto do raio limão. Auxilia a formação da pele.
Quando se trata uma queimadura com azul pode ser de grande ajuda empregar o turquesa para apressar a formção do tecido epitelial.
É um depressor cerebral. Reduz a superatividade mental.
Cores complementares
Cada cor tem sua cor complementar:
Vermelho Azul
Laranja Violeta
Amarelo Violeta
Verde Magenta
Azul Vermelho
Índigo Laranja
Violeta Amarelo
Os terapeutas que usam o pêndulo estão em vantagem quanto ao diagnóstico, seleção de cor e quanto à duração do tratamento.
Os pacientes não devem ser tratados exclusivamente do mal de que sofrem, mas necessitam ser cuidados em três níveis.
Inicialmente, deve-se tratar a moléstia no nível físico; a seguir, no nível elétrico, que compreende o sistema nervoso; finalmente, ao nível astral, que compreende as glândulas endócrinas e as emoções.
A maior parte das pessoas, ao olhar para a aura, só pode ver as vibrações dos três corpos mencionados, mas é muito difícil ver as vibrações dos corpos superiormente desenvolvidos.
Na aura, a vibração física está sempre numa posição fixa, muito próxima ao corpo físico.
A vibração etérica fica mais ou menos próxima, embora esteja misturada ou atuando como um duplo com a física, quando se está em boa saúde.
Acamada astral é móvel. Pode-se configurar como uma terceira camada, próxima à etérica, quando em posição normal ou, então, estar mais afastada do corpo. Em caso de choque ou distúrbios emocionais, afasta-se de sua posição normal. Após uma operação, o praticante deve inicialmente remover as toxinas anestésicas e, então, cuidar do corpo astral.
Vibrações coloridas
Alimentos de cor vermelha, laranja e amarela têm efeito alcalino.
Alimentos verdes não são nem ácidos nem alcalinos: são neutros.
Alimentos de cor azul, índigo e violeta têm efeito ácido.
Alimentos vermelhos: carne, todas as frutas de casca vermelha, todos os vegetais vermelhos, agrião, beterraba, repolho roxo, cerejas, pimentão vermelho, cebola, uvas, rabanete.
Alimentos laranja: cenouras, laranjas, abóboras, milho, damascos, tangerinas e pêssegos.
Alimentos amarelos: damascos, manteiga, gemas de ovos, cenouras, milho, toronja, manga, melão, tutano, frutas de casca amarela e hortaliças amarelas.
Alimentos verdes: hortaliças verdes e frutas dessa cor.
Alimentos azuis: a maioria das frutas azuiz, como as ameixas, mirtilos, peixe, vitela, aspargos e batatas.
Alimentos índigo: são os mesmos descritos em alimentos azuiz e alimentos violeta. Alimentos violeta: berinjelas, brócolis-vermelho, beterraba, uva moscatel, amoras pretas.
A cor no lar
Quando você desejar decorar um aposento, pense se deseja que tenha a aparência de maior ou menor.
O vermelho, laranja e amarelo fazem com que um aposento pareça menor; ao passo que o branco, azul e índigo dão-lhe a impressão de ser maior.
O verde o mantém em sua proporção correta.
O azul modela o ego e dá-lhe harmonia com o meio. Tira o introvertido de sua concha.
O vermelho torna a pessoa egocêntrica e o verde faz bem para o coração.


A MAGIA DAS CORES



O nosso mundo material é constituido de formas e cores, a cor é uma força cósmica, vital e a forma externa é somente a reprodução material de um corpo espiritual. Uma cor é essencialmente uma manifestação material da realidade espiritual, que se dá na presença da "Luz". A luz é algo que nossos olhos não podem ver, mas que torna visísel toda a matéria. A luz do Sol ( ou artificial ), ilumina as formas e nossos olhos captam os reflexos dessa luz transmitindo através dos nossos olhos as formas e cores que são interpretadas por nosso cérebro.
As cores primárias são três : Amarelo, Azul e Vermelho, todas as demais resultam de misturas das cores primárias como por exemplo :
Azul +Vermelho = Violeta,
Vermelho + Amarelo = Laranja,
Azul + Amarelo = Verde.
As misturas de todas essas cores, resultam nos mais diversos tons e matizes que colorem o nosso mundo visível, existem ainda outras cores como o infravermelho e o ultravioleta que só podem ser distinguidos por meios adequados e em laboratórios, pois de todas as cores presentes na natureza o olho humano só pode perceber um pequeno espectro. Já, outros animais, têm seus olhos adaptados para perceber diversos outros espectros, como por exemplo as abelhas que se orientam pela cor ultravioleta para localizar determinada flôr, o verde das folhas, é no entando, percebido por ela como incolor .
Na era moderma um dos pioneiros nos estudos da cromatologia foi o Dr. Edwin Babbit, autor do livro " Principles of Light and Colour", no qual escreveu " Em um quarto escuro, e de olhos fechados, comecei a ver a formação do meu (ser) íntimo e depois de alguns meses estava em condições de perceber maravilhosas luzes e cores, que nehuma linguagem poderá descrever"
A "Cor" da qual estaremos falando, trata-se da manifestação da "Luz" como energia e que portanto pode ser percebida até no escuro, desde que a pessoa esteja devidamente preparada para sentir as vibraçõs no seu íntimo, em infinitas radiações e fluxos de correntes luminosas. São essas vibrações, radiações e fluxos de energias, que irão atuar na aura daqueles que se submetem à uma terapia pelas cores, através dos chakras e meridianos, equilibrando os seus corpos, etérico e físico.
Edgar Cayce, um místico americano de Virginia Beach, quando criança, podia ver a aura completa em torno das pessoas, como um arco-iris de cores e luzes que as envolvia, e admirou-se ao saber que os outros não a viam igualmente.
A aplicação terapêutica das cores é denominada cromoterapia e era utilizada há muito tempo pelos antigos egípcios que já possuiam uma perfeita psicologia das cores. Conheciam a natureza e formação das cores e em seus templos preparavam locais onde doentes da mente e do corpo eram submetidos à cromoterapia.
Arqueólogos encontraram evidências convincentes de que certos aposentos nas pirâmides, tinham sido construídos de forma tal que permitiam a entrada dos raios solares e de que estes eram decompostoas nas sete cores do espectro. Os "médicos" diagnosticavam que cor ou cores faltavam na aura do indivíduo, enviavam-no então ao aposento apropriado onde absorveria o raio ou raios coloridos necessários à recuperação de sua saúde.
Esses conceitos eram conhecidos desde os tempos mais remotos. Em todas as culturas, observa-se o estudo das cores e podemos encontrá-lo associado à diversas práticas esotéricas, como o Feng Shui, Cristrais, Astrologia, etc.
As cores podem ser utilisadas em diversas áreas, com resultados espantosos. Apenas recentemente seu poder começa a ser reconhecido por médicos, psiquiátras, o mundo da moda, marketing, etc. Isto porquê as cores têm uma linguagem própria, que fala diretamente ao nosso íntimo e às nossas emoções podendo influenciar todos os ramos de nossa vida, tais como : sucesso nos negócios, na vida familiar, na vida sentimental, na saúde, no emprego, etc.
De acordo com as propriedades terapêuticas as cores são divididas em três grupos :
Estimulantes : Vermelho, amarelo e laranja.
Calmantes : Indigo, Azul ( tons claros ) e violeta.
Equilibrante : Verde.
PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS DAS CORES

VERMELHO : Símbolo de energia e vitalidade. Estimula o sangue e libera a adrenalina. Combate resfriados sem frebre. Alivia o cansaço e ameniza dores reumáticas. Aumenta a sexualidade, esta cor é extremamente estimulante e seu uso é recomendado para pequenos períodos de tempo.
AMARELO : Transmite alegria e atrai a atenção, estimula o sistema nervoso central, contribui para a regeneração dos ossos , bom para prisão de ventre, potencializa o fósforo e o sódio. Estimula o intelecto. Não é recomendada para quem deseja estar só.
LARANJA : Estimula o sistema respiratório, fixa o cálcio. Tonifica e combate a fadiga. Aumenta o otimismo. Proporciona descontração, causa serenidade, libera as expressões e é antidepressiva.
INDIGO : Atua diretamente na corrente sanguínea, tem ação coagulante quando usada em casos de ferimentos e sangramentos em geral. Estimula os sentidos e aumenta a intuição. Transmite tranquilidade e serenidade. É relaxante e permite as aproximações.
AZUL: Indicada nas infecções com febre, tem efeito calmante e analgésico. Atua no sistema nervoso, vásos sanguíneos , artérias e sistema muscular. Reduz o egoismo e atrai a harmonia. Proporciona uma aparência jovial e tem efeito calmante nas tensões nervosas.
VIOLETA : Atua no sistema respiratório, nos casos de pneumonia, tosse, e asma. Nas Irritações da pele e dores ciáticas. Tem ação calmante e depurativa do sangue, elima toxinas e estimula a produção de leucócitos. Reduz o medo, a ansiedade e as angústias, diminui a irritação e estabelece um envolvimento de paz e amor. Estimula a espiritualidade e reduz as preocupações. Boa para a concentração , meditação e orações.
VERDE: Atua no sistema endócrino, favorecendo o equilíbrio hormonal. Estimula o aparelho digestivo. Tem ação refrescante e anti-infecciosa. Combate a insônia. É considerada a cor da aura, permite o equilíbrio mental e espiritual, proporcionando uma condição para um julgamento claro, criando uma atmosfera propícia para uma ampla análise de situações.

CROMOTERAPIA PRÁTICA

A cromoterapia pode ser aplicada no dia a dia, afim de obter equilíbrio ou estímulos, mental, espiritual e emocional , apenas com o uso de roupas nas cores adequadas, para atrair determinado tipo de vibração.
Uma das formas de se aplicar a cromoterapia, para solucionar problemas de saúde, é com a utilização da água energizada. Identifique a sua carência de cor na tabela das "Propriedades Terapêuticas" e siga as recomendações abaixo:
Use copos de cristal, ou vidro ( os de cristal são mais eficazes ).
Encha um copo com água potável, envolva-o em papel celofane da cor que se necessita, tampe para evitar insetos e impurezas. Deixe o copo exposto ao sol durante todo o dia, (mesmo que o dia esteja nublado) no final da tarde, recolha o copo e esta água estará energizada com a cor escolhida, deixe esfriar (Não coloque na geladeira) e ela estará pronta para ser bebida.
Você notará uma diferença revigorante no sabor da água energizada, muitos afirmam que tem sabor de água fresca tirada de uma fonte
Repita o tratamento até notar que o problema foi resolvido, normalmente, nos casos mais simples, isso acontece num prazo de 7 (sete ) dias
Obs : Esta terapia não tem contra-indicações e pode ser utilizada tanto por adultos como por crianças. Não recomendamos suspender as medicações que eventualmente se estejam tomando, sejam alopatas sejam homeopatas, pois a cromoterapia atua em outro nível. Aconselhamos que o paciente continue com o acompanhamento médico tradicional, inclusive para constatar a regressão da doença. Se achar conveniente, comente com seu médico que está pretendendo usar a cromoterapia e ouça a sua opinião, se não sentir-se seguro dos resultados que irá alcançar, não inicie o tratamento com a cromoterapia, pois sua mente já estará bloqueando o efeito desejado.

Nenhum comentário:

Postagens populares

AK TEM